Teoria da Conspiração: A morte de Marilyn Monroe. Suicídio ou assassinato?

 

Post originalmente publicado dia 14 de Abril de 2017.

Créditos à Angela e Alana (ExposingSMG) pelo post. Os créditos de tradução são meus.

Post original: http://www.exposingsmg.com/post/159573788304/conspiracy-theory-3-marilyn-monroes-death

Marilyn Monroe era uma atriz e modelo americana muito famosa. Ela é mais conhecida por interpretar a personagem “loira burra” e ela se tornou um dos maiores símbolos sexuais da América na década de 1950. Ela foi encontrada morta em sua casa em 5 de agosto de 1962. Sua morte foi considerada como um suicídio, mas muitos teóricos da conspiração discordam. Com os fatos do caso, alguns de nós podemos concluir que a nossa querida Marilyn Monroe poderia ter sido assassinada.

Aviso: Estamos simplesmente retratando vários pontos de vista sobre uma variedade de assuntos. Não reivindicamos opiniões pessoais como fatos. Este post é para fornecer informações para aqueles interessados em aprender mais sobre conspirações. Nada escrito aqui é com a intenção de machucar ninguém.

A seguinte informação é de acordo com site 1 e site 2.

A. Fatos do caso

Em 5 de agosto de 1962, o corpo de Marilyn Monroe foi encontrado no quarto de sua casa em Brentwood. A atriz de 36 anos foi encontrada nua e deitada de bruços em sua cama.

Ela foi encontrada morta por sua governanta, Eunice Murray, que chamou o psiquiatra de Monroe, Ralph Greenson, antes de alertar as autoridades.

Duas horas antes, a governanta de Monroe tentou contatá-la e ela ficou sem resposta. Ela começou a ficar realmente preocupada por volta das 3 da manhã. A luz do quarto de Monroe estava acesa, mas a atriz não estava respondendo a sua governanta. Foi quando Murray decidiu chamar o psiquiatra de Monroe.

O psiquiatra de Monroe veio e depois de não conseguir quebrar sua porta, ele decidiu entrar pela janela. Depois que ele verificou seu pulso e viu que ela estava morta, ele chamou a polícia. A polícia acabou chegando em torno de 4:30AM.

Eles investigaram o quarto e questionaram Murray e Greenson.

Eles encontraram uma garrafa vazia de pílulas e concluíram que Monroe morreu entre as 21h30 e as 23h30.

“Marilyn Monroe: ‘Parece suicídio’.”

Uma autópsia foi conduzida e eles concluíram que sua morte foi devido a uma overdose de drogas com pílulas. Ácido barbitúrico era o veneno em seu sistema e de acordo com o médico legista, Monroe esteve deprimida por um tempo muito longo e tinha tentado se matar antes. No entanto, seu psiquiatra afirmou o contrário. Ele disse que Monroe estava planejando filmes para estrelar e ela estava realmente no seu momento mais feliz, porque ela estava planejando ser levada a sério como atriz.

Uma equipe psiquiátrica então a investigou e disse que era um “provável suicídio”.

Claro que nem tudo é preto e branco e muitos teóricos da conspiração encontraram buracos na história da morte de Monroe.

B. Os furos e partes faltando na morte de Monroe.

A investigação da morte de Monroe foi feita muito rapidamente e a maneira como as coisas mudaram naquela noite foi muito suspeita.

Houve perguntas como…

-Por que Murray levou tanto tempo para chamar as autoridades?

-Por que Murray não ligou para a Polícia antes de ligar para Greenson?

-Por que houve relatos de Greenson chamando uma ambulância e depois desviando-a?

-Por que o corpo de Monroe estava perfeitamente reto e por que ela estava deitada de bruços? Se fosse uma overdose de pílulas, ela não deveria ter desmaiado de costas ao invés de se posicionar tão perfeitamente em linha reta de bruços? Além disso, nunca encontraram um copo de água perto da cama de Monroe. Ela tinha tomado aproximadamente 40 pílulas sem um gole de água?

A governanta de Monroe, Murray, mudou sua história várias vezes.

-Não havia vestígios de pílulas no estômago de Monroe durante a autópsia. Onde foram?

-Ambos os irmãos Kennedy tiveram um relacionamento com Monroe e ela aparentemente ameaçou contar ao mundo o que ela sabia. Aparentemente, depois que JFK a rejeitou e Robert Kennedy também, ela ameaçou derramar segredos. Os teóricos da conspiração especulam que ela ameaçou derramar segredos do governo.

-Eunice Murray disse mais tarde que ela encontrou o corpo de Monroe à meia-noite e a porta não estava trancada. Então isso significa que Greenson quebrando uma janela para entrar era uma mentira.

-Há provas de que Robert Kennedy esteve em Los Angeles na noite em que Monroe foi encontrada morta.

-Bernard Spindel, um grampeador máfia confessou que tinha grampeado a casa de Monroe e que tinha fitas de vídeos de Monroe e Robert Kennedy brigando. As fitas foram destruídas em 1966.

-Décadas depois, Eunice Murray admitiu que Robert Kennedy estava na casa de Monroe e eles estavam brigando. Ela disse na entrevista que a briga “ficou tão ruim que os protetores de Robert Kennedy tiveram que entrar em cena”.

-O primeiro policial a chegar ao local, Jack Clemmons, disse que o quarto de Monroe parecia muito arrumado e Murray estava lavando roupa… às 4 da manhã. Ele acha que a casa foi encenada.

C. Quem matou Marilyn?

A. Eunice Murray

Muitas pessoas suspeitavam da governanta. Ela mudou sua história muitas vezes. Ela disse que ligou para o Dr. Greenson à meia-noite, mas depois mudou sua história e disse que ela ligou para ele às 3 da manhã. Ela também partiu para a Europa, embora ela fosse uma testemunha ocular. Quem patrocinou sua viagem? Os irmãos Kennedy. Eu pessoalmente não acho que a governanta matou ninguém. Eu acho que eles precisavam dela para mentir para eles. E ela constantemente começou a confundir a história porque ela estava nervosa e eles provavelmente continuaram confundindo ela. A governanta não poderia tê-la matado e fugido, porque ela não era suficientemente importante para ser protegida. Mas quem é importante o suficiente para ser protegido?

B. Os irmãos Kennedy

As pessoas também acham que eram os irmãos Kennedy. Marilyn era suspeita de ter um caso com eles e, aparentemente, depois de ter sido rejeitada por JFK e Robert, ela ameaçou expô-los e vazar segredos do governo. Ela também sabia muito sobre a família deles.

C. Para fins benéficos

“A empresária de Monroe, Inez Melson, disse que o número de pessoas a se beneficiar da morte dela foram bastantes de acordo com a vontade de Monroe. Melson alegou que ela estava sob pressão constante de grandes nomes como Lee Strasberg e seus próprios médicos também, que queriam ações de seus bens”.

Então talvez alguém que queria se beneficiar de sua morte, ganhando seu dinheiro, se livrou dela.

D. Dr. Greenson

Algumas pessoas acham que o médico queria que ela morresse, porque aparentemente ela também tinha um caso com ele e se isso vazasse, ele iria para a cadeia. Ele também mentiu sobre entrar em sua janela na noite em que ela morreu.

Então o que você acha que aconteceu?

Você acha que Monroe realmente tentou ter uma overdose? Ou você acha que alguém queria matá-la e se beneficiar disso? Ou para não ser exposto ou apenas para se impulsionar na fama?

Eu pessoalmente acho que alguém muito poderoso a matou; alguém ligado aos Kennedy. Eu acho que eles queriam matá-la em sua casa e viram a governanta e pagaram a ela para mentir. Ou isso ou eles a ameaçaram.

Eles precisavam inventar a história de como o quarto dela estava trancado e eles tiveram que quebrar a janela para que ninguém pudesse dizer “Por que eles estavam na casa dela o tempo todo?”. Quem quis encobrir isso claramente não queria tanto assim, considerando todos os buracos na história.

Há tantos buracos nesta história que eu não poderia obter todos eles. Eu tenho os que mais se destacaram.

Mas, novamente, isso é tudo uma teoria da conspiração; e não reivindicamos nada como um fato.

Para resumir:

  • Eles disseram que ela teve uma overdose de pílulas, mas de acordo com o relatório da autópsia, não havia drogas em seu sistema.
  • Em vez de drogas, ela recebeu um tiro letal que é especulado ser o motivo de sua morte.
  • Eles disseram que ela teve uma overdose de pílulas, mas não havia um copo de água ao lado dela. Será que ela moveu o copo de água depois que ela teve uma overdose?
  • Sua governanta mudou a história várias vezes e fugiu para a Europa; uma viagem patrocinada pelos irmãos Kennedy.
  • Seu médico disse que ele quebrou a janela para entrar, mas não havia nenhuma janela quebrada e a porta estava destrancada.

De qualquer forma, espero que vocês tenham gostado dessa teoria da conspiração. Honestamente, se isso for verdade, sinto-me mal por celebridades que são assassinadas assim. É como se eles estivessem sendo enganados e o prêmio fosse a morte deles. Isso me lembra no quão a canção suspeita de Britney Spears, “Mona Lisa” onde ela canta, “Ninguém realmente morre”, faz você pensar.

Confira nosso vídeo de 2 minutos sobre esta teoria da conspiração!

Peça outras teorias de conspiração sobre as quais você quer que falemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: